Conselhos

Como não ter cólicas estomacais ao fazer abdominais


Cãibras musculares são bastante comuns e sua ocorrência ainda é um mistério médico. Sua técnica, assim como outros fatores, pode causar cólicas estomacais ao realizar abdominais. Alguns outros fatores que contribuem incluem fadiga, desidratação e falta de magnésio e potássio em sua dieta. As cãibras musculares são caracterizadas por espasmos e contrações repentinas involuntárias, que causam dor moderada a intensa. Felizmente, existem mudanças e preparações no estilo de vida que você pode fazer para evitar cãibras musculares no abdome e no resto do corpo.

Passo 1

Aqueça antes de fazer abdominais. Movimente-se levemente por cinco a 10 minutos em uma pista ou esteira. Suba cerca de 60% da sua frequência cardíaca máxima. Use a fórmula de 220 menos a sua idade para obter uma estimativa da sua frequência cardíaca máxima.

Passo 2

Estique os músculos abdominais. Entre na posição Cobra. Deite-se de bruços, com as mãos na largura dos ombros e as pernas esticadas. Empurre-se para cima com os braços, levantando apenas a parte superior do tronco. Mantenha a posição por cerca de 10 segundos e desça lentamente. Repita isso seis vezes.

Etapa 3

Exercite-se com a técnica correta. Deite-se de costas e relaxe os músculos da cabeça e pescoço. Mantenha as pernas e os pés no chão, afastados na largura dos ombros. Garanta que suas costas estejam relaxadas com os quadris e ombros apoiados no chão. De maneira controlada - usando apenas os músculos do estômago - levante o corpo a um ângulo de 30 graus e desça novamente. Use as mãos para manter a cabeça imóvel, mas não para ajudar na abdominais. Inspire ao sentar e expire ao retornar ao colchonete ou ao chão.

Passo 4

Mantenha-se hidratado antes, durante e depois das abdominais. Tenha uma garrafa de água com você e tome goles regulares. Apontar para nove a 13 xícaras de água durante o dia.

Dicas

  • Tome uma pílula multivitamínica diariamente para obter zinco e magnésio no seu sistema. Cãibras e contrações musculares podem ser um sinal precoce de deficiência de magnésio. A longo prazo, obtenha magnésio e zinco de fontes alimentares. Leguminosas - como feijões e ervilhas - grãos integrais e uma variedade de nozes e sementes ajudarão você a atingir suas necessidades alimentares de zinco e magnésio.
  • Consuma alimentos ricos em potássio. Como o magnésio, o potássio é um eletrólito responsável pela comunicação adequada dos nervos e músculos. Tenha bananas, laranjas, iogurte, peixe e abacates regularmente em sua dieta - eles são fontes ricas de potássio.